ProPixel

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

.Effecto

avatar
Suporte

Hoje em dia, invadir a rede de internet sem fio de outras pessoas acabou se tornando uma prática um tanto quanto comum. Como você já deve ter imaginado, o problema disso é o fato de que pessoas mal intencionadas acabam utilizando a conexão de terceiros — e é lógico que o prejuízo é de quem paga a conta.

Caso você queira impedir que isso aconteça você, há algumas medidas que podem ser tomadas para aumentar a proteção em torno da sua rede sem fio. Com isso, estranhos não consomem o seu pacote de dados e não prejudicam a velocidade da sua conexão, sendo que isso pode resultar em maior segurança para todo o seu computador.

Dicas como essas já foram dadas antes pelo Tecmundo, como você pode conferir clicando aqui. Dessa maneira, se você está curioso e desconfiado que o seu vizinho está dando uma de “esperto”, basta continuar lendo este artigo.

1. Sem preguiça!
Quando você recebe um roteador, normalmente uma senha e um nome de usuários padrão são utilizados — algo como “Operadoras1805” e código “11223344”. Acontece que essas características são mais fáceis de serem identificadas por hackers, de maneira que é melhor utilizar as ferramentas da empresa do seu aparelho (como um site, por exemplo) para alterar estas duas informações o mais rápido possível.

2. Erguendo proteções
Os modelos mais modernos de roteadores contam com a alternativa nativa de utilizarem proteções de firewall, dificultando qualquer tipo de possível invasão. No entanto, nem sempre essa ferramenta é ativada de fábrica, da maneira que é aconselhável conferir se ela está trabalhando — assim como também é bom proteger todas as máquinas que se conectarem a esta rede.

3. Cuidado com o que conecta
Para facilitar o seu trabalho, alguns roteadores contam com a capacidade de trabalhar com aparelhos “Universal Plug and Play” — também conhecidos como UPnP e que nada mais são do que dispositivos que podem ser plugados na sua máquina para desempenhar alguma função. No entanto, eles podem carregar vírus de acesso remoto, por exemplo, de maneira que é sempre aconselhável não programar para que essa comunicação trabalhe no automático.

4. Fique de olho
Caso você esteja desconfiado de que estejam utilizando a sua conexão de maneira indevida, por mais que você tenha tomado algumas medidas preventivas, há programas que podem ajudar. Um exemplo é o NetMeter, que monitora o seu consumo de dados e pode auxiliar na procura por alguma “brecha” — o Baixaki também conta com outros programas do gênero.

5. Uma proteção a mais

Todos os roteadores vendidos contam com algo chamado de endereço físico (ou apenas MAC), que é único e disponibilizado no próprio aparelho. Apesar de dar um pouco de trabalho e de não ser algo perfeito, você pode habilitar para que computadores só se conectem ao seu WiFi somente quando esse código for cedido, de maneira que apenas a senha convencional não seria o suficiente para quebrar a segurança.

....

É importante lembrar que todo modelo de aparelho tem uma forma única de trabalho, sendo importante que você tenha o manual do aparelho ou a possibilidade de entrar em contato com a fornecedora para configurá-lo corretamente. Além de tudo isso, caso você conheça outra dica bacana, compartilhe-a através de um comentário!

Fonte: Howtogeek, Pcmag, Compnetworking

covital

avatar
Membro VIP

E bote um nome de rede bem suspeito, por exemplo VIRUS, cavalodetroia.exe, 404connectionfailed, e coisas do tipo. Funciona bem :)

E caso entrarem é só mandar um virus no pc do intruso rç

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum